segunda-feira, 5 de outubro de 2009

OS OUTROS

O que dizer à respeito dos outros, daqueles que nos rodeiam?
Bom, é sobre isso que irei escrever hoje!
Sempre vivemos rodeados e envolvidos por todos os tipos de gênios e como podemos desenvolver relações saudáveis com o nosso próximo? Como gostar do jeito do outro, de seu comportamento, e consequentemente de suas ações? Somos diferentes nos mais variados aspectos, e são nas situações de confronto do dia a dia, que percebemos como o caráter do outro é.
Muitas vezes muitos se afastam uns dos outros, pelo fato de descobrirem que o próximo não é muitas vezes o que se espera e, partindo disto, criamos expectativas que maquiam as verdadeiras faces que cada um tem! É como se nós tivessémos a idéia de que o outro deve se adaptar às nossas vontades, ao nosso "querer". E mediante isso, muitos não conseguem obter amizades sinceras e permanentes, mas se frustram com o comportamento inesperado do outro.

Com o passar do tempo, vemos que carecemos da presença do outro, seja qual for a situação, claro que muitas de nossas experiências obtemos no decorrer de nossa labuta diária, no entanto, é com a presença do outro que descobrimos o quanto somos sensíveis à sua falta. É....mas, muitos se esquecem de observarem quais são seus pontos positivos e negativos. Pensando nisso, observei que as pessoas se esquecem de avaliar seja quais forem os pontos e muitos de nós, por causa “do não gostarmos” dos pontos negativos dos outros, acabamos nos afastando, enquanto o outro sofre sem perceber que sua comunicação não está sendo entendível pelo próximo!

Vamos refletir:Será que nossos pontos positivos, de certa maneira, estão ajudando o meu próximo? Ou será que nossos pontos negativos estão afastando do nosso convívio aqueles que estão em nossa volta?

2 comentários:

  1. Graça e paz!
    “Andando” por aí cheguei até o seu Blog e quero te parabenizar pela bênção que pude ver aqui.
    Já estou te seguindo e aos poucos venho conhecer mais os seus textos.
    Será uma honra te receber no pastoragente.blogspot.com, e se quiser segui-lo vai ser uma alegria pra mim.
    No blog conto da forma mais realista e divertida possível as realidades, dúvidas e experiências de uma simples pastora como eu.
    Fique na paz. Um abraço.

    ResponderExcluir